Também conhecida como a “Capital da Qualidade de Vida”, Aracaju é a principal cidade do menor estado do Brasil. Inseri-la no seu roteiro de viagem vai garantir grandes experiências e memórias inesquecíveis para você e sua família. Nesse artigo, nós - da Cohab Premium - separamos as melhores dicas do que fazer em Aracaju, Sergipe. 

Se você busca um destino que une praias maravilhosas, uma orla completa e tranquilidade, Aracaju é a cidade para você. Então corre para pegar lápis e papel ou abrir o bloco de notas para salvar nossas indicações, que estão imperdíveis!

Onde fica a cidade de Aracaju?

Aracaju é a capital do estado de menor extensão do Brasil, Sergipe, localizado na região Nordeste, banhado pelo Oceano Atlântico e que faz divisa com os estados de Bahia e Alagoas.

Como chegar em Aracaju?

É possível chegar em Aracaju por meio de carro, avião ou ônibus interestaduais e intermunicipais. 

A capital dispõe do Aeroporto Internacional de Aracaju - Santa Maria (AJU) e do Terminal Rodoviário Gov. José Rollemberg Leite, que são os principais pontos de entrada para Aracaju. 

Ou, se preferir fazer o trajeto de carro, você pode pegar duas rodovias federais: BR 101 (para quem vem das regiões Sul, Sudeste e Nordeste) e BR 235 (para quem vem das demais partes do Brasil)

Qual é a melhor época para visitar Aracaju?

Por estar no litoral do Nordeste, Aracaju possui clima tropical quente e úmido. Devido a isso, caso você esteja desejando um sol bem quente nas suas férias, procure visitar a cidade entre os meses de outubro e fevereiro.

Durante o inverno, as temperaturas caem e vai chover na região, mas ainda segue sendo uma ótima época para conhecer Aracaju. Já que, geralmente, acontecem diversos festejos juninos pela capital.


O que fazer em Aracaju, Sergipe?

Agora vamos ao que mais interessa! O que há de turismo em Aracaju? Confira conosco:

1. Orla de Atalaia

Há quem diga que a Orla de Atalaia é a mais bonita e mais completa das orlas do Nordeste e até do Brasil. E não é à toa. Com cerca de 6 km de extensão (inteiramente com ciclovias), a Orla de Aracaju é repleta de opções de entretenimento para todos os gostos e idades. 

São inúmeras opções de bares, restaurantes, espaços para esportes e atividades físicas, feiras de artesanato e pontos para tirar as melhores fotos em Aracaju. 

Alguns locais que merecem destaque na Orla de Atalaia e que valem a visita são:

  • Arcos da Orla: um dos maiores cartões-postais de Aracaju, próximo ao lindo letreiro “Eu ?? Aracaju”;
  • Lagos da Orla: espaço super agradável de águas artificiais onde é possível fazer passeios de pedalinho ou andar de bike e fazer piqueniques nos arredores;
  • Centro de Arte e Cultura e Passarela do Artesão: onde ficam expostas obras de artistas locais;
  • Mundo Maravilhoso da Criança: um parque colorido e divertido com diversas opções de brinquedos gratuitos e pagos;
  • Kartódromo Emerson Fittipaldi: para aqueles que curtem emoção com velocidade, um espaço voltado para corridas de kart para crianças e adultos;
  • Oceanário: pertencente ao Projeto Tamar, foi o primeiro espaço deste formato no Nordeste, e possui um grande aquário com mais de 30 espécies de animais marinhos e outros 17 aquários com espécies de água salgada e doce;
  • Monumento aos Formadores da Nacionalidade: que são estátuas de algumas das principais personalidades da história brasileira, como Princesa Isabel, Zumbi dos Palmares, Tiradentes, etc.

Além disso tudo, a Orla de Atalaia tem, na sua extensão, quadras poliesportivas, pistas de skate e patinação e quiosques para comer iguarias locais e tomar aquela água de côco gelada. 

Só na Orla de Atalaia você já encontra várias atrações do que fazer em Aracaju, Sergipe, mas prepara porque ainda tem muito mais!

2. Orla do Pôr do Sol

O nome já diz tudo. Esse é o melhor local para aproveitar um belo pôr do sol na cidade. A Orla do Pôr do Sol não fica exatamente em Aracaju, mas sim no povoado Mosqueiro, a cerca de 15 km de distância da capital. 

Com visual de encantar qualquer um, a também conhecida como Orlinha, oferece passeios de lanchas e catamarãs, prática de stand-up paddle, aulas de mergulho e pesca nas margens do rio Vaza-Barris. O local também tem infraestrutura com bares e restaurantes. Ou seja, atrações para toda a família.

Estando em Aracaju, você consegue fazer o passeio para a Orla do Pôr do Sol por meio de empresas turísticas locais. 

Partindo da Orla do Pôr do Sol, é possível fazer um trajeto de catamarã que chega até um dos destinos mais procurados por turistas: a Crôa do Goré, uma pequena ilha com um bar e restaurante que oferece atividades esportivas (como o stand-up paddle) e passeios de jet-ski, o que torna toda a experiência muito mais proveitosa.

4. Ilha dos Namorados

No mesmo passeio à Crôa do Goré também é possível incluir a Ilha dos Namorados, outra ilha da região, formada do encontro entre o rio Vaza Barris e o Oceano Atlântico. Sendo um passeio ideal para aquelas pessoas que desejam um lazer mais privativo, tranquilo e que possam levar sua própria comida e bebida.

5. Melhores praias de Aracaju

Com extensas faixas de areia, as praias de Aracaju têm espaço de sobra para quem quer ficar apenas na areia, jogando conversa fora, tomando aquela cervejinha ou jogando frescobol. Inclusive, esse é um cenário mais que comum nas praias da capital. 

Falando especificamente das praias localizadas em Aracaju, vale incluir no seu roteiro a:

  • Praia de Atalaia;
  • Praia de Aruana;
  • Praia do Refúgio;
  • Praia dos Náufragos.

6. Catedral Metropolitana

Construída em meados do século XIX, a Catedral Metropolitana de Aracaju, ou Igreja Nossa Senhora da Conceição, tem uma arquitetura remetente aos elementos marcantes do neoclassicismo e do neogótico, com arcos ogivais. 

A catedral é um símbolo marcante da cidade e fica localizada no Centro de Aracaju.

7. Palácio Museu Olímpio Campos

Também localizado no Centro de Aracaju, em específico na Praça Fausto Cardoso, o Palácio Museu Olímpio Campos foi sede do governo do estado de Sergipe até 1995. Em 2010, o local foi transformado em museu e, hoje, funciona de terça a sexta, das 10h às 17h, e aos sábados, das 9h às 13h. 

O palácio é um espaço que apresenta toda a história política de Sergipe, com uma linda estrutura. Para agendar visitas e eventos no local, é necessário entrar em contato com a instituição mantenedora.

8. Museu da Gente Sergipana 

Inaugurado há pouco mais de 10 anos, o Museu da Gente Sergipana é o primeiro museu de multimídia interativa das regiões Norte e Nordeste. O local é totalmente tecnológico e voltado para expor o acervo do patrimônio cultural do estado, por meio de instalações interativas, exposições itinerantes e uma programação diversificada de eventos e apresentações artísticas. 

Logo em frente ao museu, vale destacar também o Largo da Gente Sergipana, um lindo monumento que homenageia os movimentos culturais e a identidade do povo do estado de Sergipe. No total, são oito estátuas, cada uma representando uma manifestação folclórica típica: Lambe Sujo e Caboclinhos, Chegança, Cacumbi, Taieira, Bacamarteiro, Reisado, São Gonçalo e Parafuso. 

O Museu da Gente Sergipana também fica no Centro de Aracaju, de frente para a Ponte do Imperador, às margens do rio Sergipe. O museu funciona de terça a sexta, das 10h às 16h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 15h. Ah, e a entrada é gratuita!

9. Mercado Thales Ferraz

Para viver uma experiência Aracaju 100%, você precisa conhecer o Mercado Thales Ferraz. O espaço é uma integração de dois mercados municipais - o Antônio Franco e o Albano Franco - que dispõe de toda a riqueza cultural e gastronômica de Aracaju e Sergipe. 

No Mercado, que também fica no Centro, você encontrará farinhas, doces, queijos, castanhas, manteiga de garrafa e demais iguarias da região, além de diversos itens de artesanato. O local abriga ainda o restaurante Caçarola, onde é possível comer comidas típicas, inclusive, o famoso café-da-manhã nordestino, com direito a queijo coalho, macaxeira (mandioca ou aipim), tapioca, beiju, e tantas outras delícias!

10. Passeio de Aracaju para os Cânions de Xingó

Se você vai passar um tempo em Aracaju, ir para os Cânions do Xingó precisa entrar no seu roteiro. Localizados entre os estados de Sergipe e Alagoas, os Cânios de Xingó, no Rio São Francisco, são um verdadeiro show da natureza e que você pode visitar por meio de passerios de catamarã partindo da capital sergipana até a cidade de Canindé de São Francisco (SE). 

A atração surgiu nos anos 90 após a construção da Usina Hidrelétrica e barragem de Xingó, retendo o volume do rio e inundando áreas ao redor. O ponto turístico é, hoje, uma incrível fenda entre picos de montanhas próximas. Vale muito a pena fazer o passeio, não só pela beleza exuberante do local, mas também pelo banho revigorante nas águas do Velho Chico.

O que fazer em Aracaju à noite?


11. Passarela do Caranguejo

Estrategicamente localizada na Orla de Atalaia, a Passarela do Caranguejo é um verdadeiro point da noite aracajuana. Marcada pela escultura de mais de 2 metros de altura e 7 metros de comprimento em formato de caranguejo, a passarela é um corredor de opções gastronômicas, botecos e bares com tudo o que há de bom para se deliciar em Aracaju. No local, você encontra também opções com música ao vivo.

12. Bares e restaurantes

Apesar de ser uma capital pequena, se comparada às demais no Brasil, Aracaju é uma cidade com muita diversidade de bares e restaurantes. Além das alternativas na Passarela do Caranguejo, você também vai encontrar opções boêmias interessantes nos bairros Jardins, Inácio Barbosa, Luzia e em várias outras regiões da capital sergipana.

13. Food parks 

Para quem quer comer de tudo um pouco, em um mesmo local, existem diversas opções de food parks em Aracaju no momento, por exemplo:

  • Carrara Food Park, no bairro Atalaia;
  • Orla Food Park, no bairro Coroa do Meio;
  • Circus Food Park, no bairro Jardins;
  • Hangar 645 Food Park, no bairro Inácio Barbosa.


14. Feira do Turista

O nome já diz tudo. É um local que recebe turistas por oferecer diversas opções de lembrancinhas, restaurantes e bares típicos, inclusive, com música ao vivo para quem quer ficar mais tempo. A Feira do Turista funciona todos os dias, das 10h às 23h, com exceção das lojas, que só vão até às 22h.

Comidas típicas de Aracaju

Quem está em Aracaju tem “obrigação moral” de experimentar algumas coisas! Brincadeiras à parte, dá uma conferida no que a capital de Sergipe tem de melhor a oferecer:

  • Caranguejo, aratu e demais frutos do mar;
  • Tapiocas doces e salgadas;
  • Beiju molhado (uma variação feita da farinha de tapioca);
  • Amendoim cozido;
  • Queijo coalho na brasa com melaço de cana;
  • Mangaba (em doces, sucos, licores ou a própria fruta)
  • Castanhas de caju;
  • Sorvete de tapioca;
  • Charque e muito mais.

Confesse… Você também ficou com água na boca!

Cidades próximas de Aracaju, Sergipe, para conhecer

Para fazer o seu roteiro ficar ainda mais completo, você pode conhecer algumas cidades próximas de Aracaju, como: 

  • Barra dos Coqueiros, que fica a apenas 3 quilômetros do Centro de Aracaju e tem lindas praias e infraestrutura completa;
  • São Cristóvão, que é a quarta cidade mais antiga do Brasil e foi a primeira capital do estado;
  • Estância, que fica no litoral sul de Sergipe e possui uma das melhores praias da região, a Praia do Saco.


Onde ficar em Aracaju?

Sem dúvidas, o local que mais concentra a rede hoteleira de Aracaju é o bairro Atalaia. Por ter muitas atrações ao seu redor e a sua proximidade com as praias da cidade, essa é a região mais indicada para ficar hospedado na capital de Sergipe.

Leia também: Os principais motivos para morar no bairro Atalaia

Venha morar em Aracaju

Já pensou em morar em uma das cidades de melhor qualidade de vida e menor desigualdade social do Nordeste? Aracaju não é apenas um “rostinho bonito”, com várias opções de lazer e turismo. A capital sergipana também é uma excelente opção de moradia. 

Para conhecer os melhores imóveis disponíveis em Aracaju e região metropolitana, a Cohab Premium vai te ajudar! Entre em contato conosco.